quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Gimnospermas


E aí pessoas, tudo certinho?
Dando segmento em nossas aulas, vamos agora falar sobre Gimnospermas.


So... let's go!


GIMNOSPERMAS


Do grego gymnos = nu e sperma = semente, literalmente significa semente nua. São plantas terrestres que gostam de clima frio ou temperado. 

Os pinheiros, as sequóias e os ciprestes fazem parte deste grupo.





As gimnospermas possuem raízes, caules e folhas verdadeiros. Também apresentam ramos reprodutivos modificados, chamados estróbilos. (Veja foto ao lado)




Estas plantas apresentam uma grande aquisição evolutiva, produzem sementes (no estróbilo feminino). Porém não produzem frutos e diz-se que suas sementes são nuas por não estarem fechadas em frutos.

REPRODUÇÃO:

Como modelo, utilizaremos o Pinheiro-do-Paraná para explicar a reprodução das Gimnospermas. Os sexos são separados nesta planta, ou seja, um pinheiro possui apenas estróbilos masculinos e outro apenas estróbilos femininos.

O estróbilo masculino produz pequenos esporos chamados grãos de pólen. Quando os estróbilos se abrem, estes grãos de pólen são levados pelo vento até o estróbilo feminino, onde irão formar o tubo polínico, que produz o gameta masculino (núcleo espermático). 

O estróbilo feminino produz óvulos. No interior desse óvulo maduro surge um grande esporo, na qual surgirá uma oosfera. A oosfera  será alcançada pelo núcleo espermático, que a fecundará e formará o zigoto. Este por sua vez, se desenvolverá e formará o embrião e na sequência, se transformará em semente.

Nos pinheiros as sementes são chamadas pinhões e constituem um saboroso alimento, consumido cozido. 
Depois de formados os pinhões, o cone feminino passa a ser chamado de pinha.


As sementes são uma grande conquista evolutiva pois abrigam e protegem o embrião contra a desidratação, calor, frio e parasitas. 

Além disso, as sementes são grandes reservas nutritivas que alimentam o embrião e garantem seu desenvolvimento até que as primeiras folhas sejam formadas.

É isso!!!
Estudem bastante! Nos encontramos em sala de aula... 
kisses

6 comentários:

Andreone Medrado disse...

Olá, Silvia,

Desde já, quero Parabenizá-la por esse trabalho maravilhoso! É muito útil e honroso poder distribuir conhecimentos através desse veículo tão importante, que é a Internet. Tomei a liberdade de criar um link do seu Blog em meu Web Site (andreonetm.webnode.com.br). Desde de então, deixo o convite para que possa visitar meu humilde Site e torço para que possamos trocar experiências e informações.

Para visualizar seu link no meu SITE basta acessar:
http://andreonetm.webnode.com.br/links-recomenados/sites/

Mais uma vez, Parabéns pelo seu Trabalho!
Sucesso!

Anônimo disse...

Ola,
Eu sou aluna do 1° ano e queria que você colocasse sobre o meio ambiente das gimnospérmas
obrigada!
ps: esse blogger foi de grande utilidade para mim!:)

Anônimo disse...

esse blogger bomba aea pela ordi!!

ANA FLAVIA disse...

Oi Silvia, tudo bem?
Adorei ver o seu blog como referência no trabalho de uma aluna aqui na UFG.
Parabéns!! Ficou muito legal!
Saudade!!
Abraços,
Ana Flávia Vigário
afvbioufg@gmail.com

Isabela disse...

OLÁ SILVIA!!
GOSTARIA DE PARABENIZA-LA PELO SEU BLOG,ELE É D+++ E ME AJUDA MUITO NOS TRABALHOS DA ESCOLA!!!!
POSTA SOBRE A ANGIOSPERMA,TO PRECISANDO MUITO DFA SUA AJUDA!!!

Anônimo disse...

PARABÉNS PELO SEU BLOG , ELE ME AJUDA MUITO NAS MNHAS AULAS. OBRIGADA.